Tenha foco para vencer a crise

A economia do país esta passando por um momento delicado, diversos setores estão sendo atingidos. É preciso ter foco para vencer a crise ao lidar com o momento atual para não “quebrar”, não ter corte de funcionários e não precisar repassar o valor da matéria prima aos consumidores. Rubens Panelli Jr., especialista e consultor de gestão no varejo, dá dicas de como enfrentar a crise econômica.
O varejo já está sentindo os efeitos da crise que se instalou no Brasil, para não cair em armadilhas fique de olho nas dicas do consultor.

Passos para ter foco para vencer a crise

  • Seja realista – Ao invés de ficar se lamentando ou justificando os maus resultados culpando as variáveis externas, invista tempo em ações criativas de marketing, crie novos produtos e serviços que estejam alinhados com nova realidade do mercado.
  • Trabalhe com as pessoas certas – Procure selecionar executivos com forte capacidade empreendedora, que saibam tomar decisões, que não tenham medo de correr riscos calculados, que saibam conviver com erros e que principalmente sejam grandes executores.
  • Priorize os recursos no que realmente interessa – A pior coisa que pode acontecer com uma empresa em tempos de crise é ficar sem caixa e depender de bancos, o custo financeiro aniquila qualquer possibildiade de crescimento, portanto a correta alocação de recursos é vital para a realização dos projetos importantes, assim como manter uma reserva para o caso se algo sair errado.
  • Aumente o giro do estoque – O estoque, normalmente, é o maior item do ativo de um varejista, consome uma grande soma de recursos da empresa para sua aquisição, estoques altos ou com giro lento geram uma série de problemas que afetam negativamente o resultado, isto sem contar que a maioria das empresas não contabilizam o custo financeiro e o impacto da inflação de estoques parados em seu resultado. A venda do estoque dentro do giro e margem planejadas é o que sustenta o lucro e o caixa da empresa.
  • Crie metas factíveis – Para motivação dos funcionario crie metas ousadas, porém factíveis e principalmente fáceis de mensurar.
  • Tenha foco no “core business” – Não estamos vivendo momentos de “vacas gordas”, portanto é fundamnetal foco no “core business” e deixar projetos menos importantes para uma outra ocasião.
  • Não tenha receio de fechar pontos de vendas que não gerem margem de contribuição – “Muitos varejista demonstram apego excessivo a pontos comerciais, nada contra, porém em momentos de alta inflação, juros altos, vendas baixas, é necessário se livrar de lojas que não estão gerando margem de contribuição líquida para empresa”, explica o Rubens.
Sobre o Autor.
Rubens Panelli atuou durante 12 anos como Diretor de Marketing e Comercial da C&A Modas Brasil e Argentina, foi dentre outras empresas CEO do Grupo Empresarial Pasmanik, CEO da Boutique Daslu, Diretor Comercial da Paramount Textêis. Hoje, Rubens é sócio diretor da Panelli & Associados, empresa de consultoria de gestão varejo e consumer products.